VALORES DO ROTARY


OS VALORES DO ROTARY

image128.jpg

 

Das pessoas que entram para o Rotary, infelizmente algumas desligam-se antes mesmo de conhecer os propósitos da organização. Outras entram por razões erradas e também se desligam. Destas pode-se dizer que é muito bom que saiam,  na verdade nunca deveriam ter entrado.

Entretanto, a maioria permanece longo tempo ou até a vida toda na organização. Isso ocorre porque essas pessoas identificam no Rotary, às vezes inconscientemente, muitos valores que lhes são comuns,  e que praticam na sua vida particular e profissional.

 

Quais são esses valores?

 

Quando começou seu planejamento estratégico, há alguns anos, o Rotary Internacional fez uma pesquisa com rotários de todo o mundo e, entre outras abordagens, procurou identificar esses valores. Hoje, eles são parte integrante do Plano Estratégico do RI (Rotary Internacional) assim, como devem ser de qualquer clube rotário.

A ordem em que serão citados é meramente didáctica, não havendo qualquer hierarquia de importância entre eles.

  • Liderança
  • Companheirismo
  • Diversidade
  • Serviços Humanitários

 

Liderança

 image

O Rotary é definido como uma rede global de voluntários, integrada por líderes profissionais, empresariais e comunitários.

Os estudos sobre o tema nos apontam diversos estilos de liderança, como por exemplo: participativo, situacional, transformacional, transacional etc. Talvez a liderança que melhor se adapte à nossa organização seja a liderança servidora, aquela em que o líder serve ao invés de ser servido.

O importante é ter a consciência que a liderança é um factor fundamental para se tornar verdadeiramente um rotário. O presidente 1975-76 do RI, o brasileiro Ernesto Imbassahy de Mello, já dizia que “não são as instituições que fazem o valor dos homens, e sim os homens é que fazem o valor das instituições”.

A liderança de rotários é que tornou possível programas como o Polio Plus. Foi a liderança de Tom Henderson, do Rotary Club de Helston-Lizard, da Inglaterra, que possibilitou a criação do Shelterbox, hoje um projecto global que conta com o apoio de mais de 5.000 clubes rotários.

É através da liderança dos rotários que o Rotary executa seus reconhecidos programas e projectos no mundo todo.

 

 

Companheirismo

 

Brinde ao Segundo Aniversario do RCL
Brinde ao Segundo Aniversario do RCL

O companheirismo no Rotary é valorizado como elemento capaz de proporcionar a oportunidade de servir.

A palavra companheirismo deriva da expressão latina cum panis, que significa aquele com quem se divide o pão. No nosso caso, o pão a ser dividido é o Ideal de Servir.

Muitas vezes o companheirismo é confundido com a amizade. Mas há uma profunda diferença, já que a amizade cria laços afectivos, enquanto o companheirismo cria laços de compromissos com uma causa.

Portanto, embora a amizade seja a decorrência natural e altamente louvável da convivência dos rotários, o companheirismo é que faz a nossa organização ser tão pujante. A amizade pode se esgotar apenas na convivência social, ao passo que o companheirismo é a liga que nos une para a prestação dos serviços humanitários.

 

Integridade

 

Prova quadrúpula
Prova quadrúpula

Uma das poucas condições para se associar a um Rotary Club é possuir carácter ilibado e boa reputação comercial, profissional e/ou comunitária.

O dicionário define integridade como a qualidade de uma pessoa íntegra, honesta, incorruptível, cujos actos e atitudes são irrepreensíveis.

Integridade tem a ver com inteireza, ou seja, não é possível ser meio honesto, meio ético, meio respeitador. Não é íntegro, por exemplo, aquele que bajula os poderosos e maltrata os humildes e subalternos.

O terceiro item do objectivo do Rotary diz que os rotários devem promover e apoiar a melhoria da comunidade pela conduta exemplar na vida pública e privada.

Isso significa que devemos ser fiéis a altos padrões de ética em todos os aspectos de nossa vidas privada e profissional, bem como justos e respeitosos em nossos relacionamentos.

A ética é um dos assuntos mais estudados na filosofia, mas não é preciso ler compêndios para saber agir eticamente. Basta seguir um preceito simples: não fazer aos outros, aquilo que não gostaríamos que fizessem connosco.

Embora não seja um código de ética, a Prova Quádrupla é um importante balizador de nossas acções, a ser utilizado sempre que tivermos dúvida se estamos agindo correctamente.

 

Diversidade

 image

A diversidade está na génese do Rotary, pois a associação foi fundada com um representante de cada profissão. Se não fosse essa sábia providência, talvez o Rotary tivesse se tornado mais uma associação profissional, e não uma entidade de prestação de serviços.

Se o Rotary fosse formado apenas por advogados – a profissão do seu fundador, Paul Harris –, provavelmente nas suas reuniões só se trataria de assuntos relacionados ao direito. A consequência natural do convívio de pessoas de bem, que não tinham uma unicidade profissional, levou-os a perceber que seria egoísmo prenderem-se apenas ao companheirismo e ao relacionamento de negócios.

Assim, em 1906, um ano depois de fundado, o Rotary incorporou aos seus objectivos a prestação de serviços à comunidade.

Com o seu crescimento acelerado, a organização foi assumindo totalmente a diversidade de raças e credos, presente no mundo todo. A lamentar apenas a tardia mudança dos estatutos para a aceitação das mulheres no Rotary, pois a participação delas trouxe imenso ganho para a entidade.

A diferença faz a diferença: este é legado da diversidade no Rotary.

 

Serviços humanitários

 Doacaoa a Chila

Dos cinco valores, este é o único que não estava presente na fundação do Rotary, tendo sido incorporado em 1906, como já explicado acima. Mas, actualmente, não se concebe a existência da nossa organização sem a prestação de serviços humanitários. Portanto, além de um valor, os serviços humanitários são a razão de ser do Rotary e isto está consubstanciado no seu objectivo.

O objectivo do Rotary é estimular e fomentar o ideal de servir. O ideal de servir é, portanto do rotário, e o papel do Rotary, como organização, é estimular e fomentar este ideal. E isto é feito de diversas formas:

  • A criação de clubes, ao juntar diversas pessoas com o mesmo ideal, potencializa a actuação de cada um;
  • Um pacote de programas estruturados facilita a escolha da área de actuação do clube e dos companheiros;
  • A estrutura da organização assegura uma farta literatura sobre os programas que escolhermos para serem implementados;
  • Provê também formações sistematizadas para que os rotários possam actuar com mais eficiência.

O Rotary é uma filosofia de vida que se propõe a solucionar o conflito entre o desejo de lucro pessoal e o dever de auxiliar o próximo. O lema principal do Rotary – Dar de Si Antes de Pensar em Si – muitas vezes não é compreendido pelos próprios rotários.

Para entendermos bem o lema é preciso analisá-lo em duas partes.

“Antes de pensar em Si” significa que os rotários não são pessoas egoístas, que só pensam apenas no ganho pessoal. Ao contrário, sabem que a sua acção ou a sua omissão afectam a comunidade em que vivem. Assim, procuram pautar a actuação pessoal e profissional pensando no bem comum.

“Dar de Si” não significa que fizemos voto de pobreza, pois não se refere aos bens materiais, mas sim ao que temos de melhor: inteligência, talento, conhecimento, competência e habilidade, além de um pouco de nosso tempo. Essa é a nossa maior riqueza, pois sem ela não teríamos sequer conquistado os bens materiais.

Quando você doa esses recursos, eles não diminuem e sim aumentam, ao contrário da riqueza material. Quando doamos nossos conhecimentos, nos tornamos mais sábios. Quando doamos amor, nos tornamos mais amados. Quando proporcionamos felicidade aos outros, nos tornamos mais felizes. Um simples sorriso nos proporciona muitos sorrisos de volta. E isso explica o segundo lema do Rotary: “Mais se Beneficia Quem Melhor Serve”.

Liderança, Companheirismo, Integridade, Diversidade e Serviços Humanitários fazem do Rotary uma instituição exemplar, admirada e respeitada internacionalmente. Entretanto, esses valores não são exclusividade do Rotary e dos rotários. Há muitas pessoas que comungam desses mesmos valores. Precisamos usar nossa liderança para identificá-las e trazê-las para compartilhar connosco o Ideal de Servir.

 

* O autor é  Valdemar Lopes Armesto,governador 2002-03 do distrito 4430 e associado ao RC de São Paulo-Vila Alpina, SP (D. 4430).

 

 

One thought on “VALORES DO ROTARY

  1. Interessante! “Destas pode-se dizer que é muito bom que saiam, na verdade nunca deveriam ter entrado. Entretanto, […]…” Penso que não é esta a forma mais correcta de se ver as coisas…

Deixe o seu comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s