ADMISSÃO DE SEIS NOVOS SÓCIOS


Agosto- mês do Desenvolvimento do Quadro Social e Expansão.
O Rotary Clube do Lobito, dentro da dinâmica que tem vindo a implementar desde a sua exitência, e no cumprimento de uma das grandes orientações do Rotary Internacional (RI),aos 13 de Agosto do corrente mês aumentou o seu quadro social de vinte quatro para trinta sócios representativos.

Isto tem sido possível, porque os sócios se têm empenhado nesta tarefa, uns mais que outros, lembrando-se dos seus amigos, parentes ou conhecidos e que o olhem com os olhos do Rotary,usando o bom senso e a creatividade, tomando por base, particularmente, os seguintes princípios:

– de que necessitamos de sócios que respeitem as nossas tradições, mas que tenham os olhos no futuro.
– Precisamos de sócios de todos os tipos, homens, mulheres, jovens e mais velhos, com qualidades de liderança.
– Precisamos de líderes prontos a aceitar responsabilidades.
– Precisamos de sócios que proponham novas ideias.
– E também precisamos de sócios que verdadeiramente queiram participar das reuniões, que queiram estar informados, que queiram conhecer as normas do Rotary.

Novos sócio representativos do Rotary Clube do Lobito

Os companheiros recentemente admitidos pelo Rotary Clube do Lobito, e incritos no RI de facto reunem estes pricípios :
1- Rui Fernandes, jornalista e tendo como padrinho a comp. Elizabeth João
2- Faustino Cacuma, empresário e tendo como padrinho o comp. António Adão
3- Francisco Garcia, empresário tendo como padrinho o comp. Jorge Crisóstomo
4- Isabel Correia, empresária tendo como padrinho o comp. Manuel Correia.
5- Daniela Quaresma, Psicóloga Clínica, tendo como madrinha Filomena Quaresma
6-Hernany Suco, oficial das FAA tendo como madrinha Filomena Quaresma

Sem dúvida que os seis novos sócios, identificam-se com os valores do Rotary e compartilham o ideal de servir, facto demonstrado e comprovado antes das suas admissões no RI , com assiduidade as reuniões e pelo seu empenho e integração em actividades levadas acabo pelo clube, assim como nos transmitem a esperança de trazerem novas ideias, energia e diversidade ao clube. Os novos sócios foram empossados sob o lema deste ano rotário “Servir Rotary, Transformar Vidas” e estamos convictos que eles serão agentes dessa transformação , agindo na melhoria das condições de vida das comunidades, sobretudo as mais carentes em busca da Paz. Além disso, são capazes de transformar as nossas esperanças em realidades vivas, através do nosso lema ” Dar se Si Antes de Pensar Em Si”trabalhemos junto nossas esperanças e façamos a humanidade mais feliz.

O importante a reter neste capítulo é de que a responsabilidade pelo aumento e manutenção do quadro social não deve ficar somente a cargo da Comissão de Desenvolvimento do Quadro Social do Clube. É um dever e uma obrigação de todos os sócios.

Por outro lado, muito to embora o Conselho Director do Rotary International tenha destacado este mês como um mês especial dedicado ao assunto, faz-se mister que a preocupação em procurar e propor novos sócios seja permanente.

É muito importante que cada Rotário ou Rotária se consciencialize desta responsabilidade, pois a estagnação leva ao marasmo, e consequentemente dificulta a retenção, traduzindo-se na actual crise do RI.